Contato

Base Florianópolis - Santo Antônio de Lisboa
Prof. Marcelo Visintainer Lopes
fone: (48) 988.11.31.23



quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Comprar um veleiro - qual a melhor hora?

 Escola de Vela Oceano Florianópolis

Cursos de Vela Oceânica

Travessias Oceânicas 

Charter de veleiro 34 pés

Por Marcelo Visintainer Lopes

Instrutor de Vela       

Escola de Vela Oceano

Pergunta difícil, ainda mais nos tempos em que vivemos.

É sabido que a compra de um veleiro não é um plano de curto prazo.

Envolve planejamento, pesquisa, paciência, convencimentos entre casa e mais uma infinidade de pequenos detalhes que fazem com que você fique tranquilamente mais de um ano olhando barcos.

Ao contrário de um veleiro as lanchas sempre foram compradas com muita facilidade com o cara batendo o olho e fechando negócio.

São muitos estaleiros no Brasil e a quantidade de lanchas novas e semi-novas é gigante. O cara bate o olho, se apaixona e compra!

Se o mercado de veleiro fosse assim seria uma maravilha, mas a realidade é outra: quase nenhum estaleiro produzindo barco novo e pouca oferta de usados.

Nossa frota fará 40 anos em breve e achar um barco inteiro requer esforço e sorte.

Nos tempos em que vivemos e com a rapidez que as coisas estão acontecendo ninguém mais está com paciência para esperar aparecer aquela “mosca branca de olhos azuis”.

A galera tá se jogando em tudo que aparece e os barcos estão sumindo do mercado.

Esta foi a mudança mais radical que o mercado de veleiros usados já passou.

A compra de um barco envolvia o namoro, depois o noivado e bem mais tarde o casamento, mas agora é do link do 5º anúncio direto para o altar!

Kkkkk

Esta é a mais pura verdade e está amparada em fatos reais!!!

Vamos direto ao assunto…

Comprar um veleiro exige muito mais do que planejamento financeiro, pois se os outros requisitos não estiverem ok você dança!

E agora? Vai fazer o que com aquele elefante branco que está parado lá na poita?

O momento da compra deve ser muito bem pensado até por que você deve descobrir primeiro se vai gostar de verdade.

Descobrir se não é só mais uma compra por impulso etc.

Antes de comprar seria aconselhável você se informar muito sobre o assunto (com quem entende).

Outro dia fiz uma postagem que falava sobre conteúdos e chamava a atenção exatamente para os cuidados que devemos ter quando acessamos qualquer coisa por aí.

Outro vez conversei com uma pessoa que estava decidida a comprar o veleiro da marca tal, com a quilha “X” (modelo específico) por que ouviu uma pessoa “X” dizer que este é o melhor veleiro e que aquele era o formato de quilha ideal.

Oi????

Ideal para qual a finalidade?

Estaleiro de fundo de quintal…

Achei aquilo bem estranho e por isto faço questão de comentar este tipo de atitude.

O mesmo pode estar ocorrendo com você neste exato momento!

Aquele modelo de avaliação técnica poderia até ser boa para alguém, mas não para o caso dele.

A pessoa compartilhou seus objetivos comigo e eu afirmei categoricamente que aquele tipo de quilha não influenciaria em nada a sua decisão de compra e que a marca “X” não atenderia a necessidade de resistência para as latitudes escolhidas para a travessia.

Velejar e conversar com pessoas reconhecidamente capacitadas reduz a curva de compra e o estresse futuro, enquanto perder tempo com aventureiros só causa confusão mental.

Experimenta primeiro. Sente o vento no rosto, conversa, experimenta de novo, sente de novo e conversa de novo.

Não tenha pressa!

Encontre um bom lugar para deixar o futuro amigo antes mesmo de começar a buscar os anúncios.

É muito comum a pessoa comprar o barco e depois descobrir que não há um lugar próximo de casa para guardar.

Barcos mantidos próximos de casa são mais usados do que barcos que ficam mais longe.

Barcos montados e que ficam dentro d’água são mais usados do que barcos que ficam desmontados e fora d’água.

Deu para entender?

Veleje em barcos diferentes e com tamanhos diferentes.

Estude, compare e converse.

Vivencie o máximo de situações possíveis antes de efetuar a compra.

Alugue um e se divirta primeiro.

Perceba se você combina com o barco e com as restrições naturais impostas pela natureza deste estilo de vida.

Busque grupos de vela e comece a fazer relacionamentos (de verdade, não virtuais).

Conheça as pessoas e veleje com elas.

Busque por associações de vela e tente se aproximar.

Faça cursos de vela!

Sim, cursos de vela são bastante esclarecedores!

Não pague um curso completo de uma só vez.

Vá fazendo módulos, pois desta maneira você tem tempo de perceber se a vontade de comprar o barco continua, aumenta ou diminui.

Vá cursando os módulos conforme seu interesse vai aumentando.

Repita os módulos já cursados (ofereço esta possibilidade) e vá aperfeiçoando seus comandos e reações.

Conheça pessoas durante o curso e faça novas amizades focadas na vela.

Você vai se surpreender com os resultados!

É muito comum um aluno comprar o barco e depois convidar os colegas para fazer parte da tripulação.

Ele se sentirá mais seguro dividindo as responsabilidades com os colegas que estão no mesmo nível técnico.

Aprenda a não tirar o olho das birutas e a saber evitar um jaibe que está pronto para ocorrer.

Aprenda a escolher o melhor tamanho de vela para a condição atual e futura.

Aprenda o que fazer quando o vento aumentar.

Aprenda o que fazer quando o motor falhar na saída, no meio ou no final da velejada.

Aprenda tudo sobre as suas reações e sobre os seus bloqueios e crenças limitantes antes de colocar seus familiares e amigos nessa empreitada com você.

E por último fica a minha dica do dia: não coloque sua família a bordo antes de ter total domínio sobre o leme e sobre todas as manobras involuntárias que podem ocorrer por distração sua.

Um abraço e bons ventos!


Vela Oceânica em Florianópolis, Aula de Vela em Floripa, Escolas de Vela no Brasil
Aprenda a velejar em Floripa, Escola de Vela Oceano, Universidade da Vela no Brasil
Veleiro Floripa, Barco à Vela Florianópolis, Charter de Veleiro em Floripa
Como aprender a velejar? Quero aprender a velejar, Velejar é uma arte
Aluguel de barco em Floripa, Aluguel de Veleiro para comerciais e filmes
Curso de Veleiro, Escola de Veleiro, Curso Navegação Costeira, Curso Iatismo
Travessias Oceânicas, Vela de Cruzeiro, Curso de Vela de Cruzeiro
Escola de Iatismo, Vela de Cruzeiro, Vídeos de Veleiro, Vídeos Velejando
Professor Marcelo Visintainer Lopes, Velejar, Onde aprender a velejar?
Escola de Vela Itajaí, Curso de Vela Oceânica Itajaí, Aula de Vela Itajaí
Escola Veleiro Itajaí, Velejar Itajaí, comprar veleiro, vender veleiro, aulas de iatismo
Morar em um veleiro, morar a bordo, quanto custa morar em um veleiro 

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Habilitações da Marinha - preciso carteira para velejar?

 Escola de Vela Oceano - Florianópolis

Cursos de Vela Oceânica

Travessias Oceânicas

Charter de veleiro 34 pés

Imagem: Escola de Vela Oceano - preciso habilitação para velejar?


Por Marcelo Visintainer Lopes

Instrutor de Vela       

Escola de Vela Oceano


A habilitação da Marinha é um dos assuntos que mais gera dúvidas nas pessoas que estão iniciando na vela e por isto decidi jogar luz sobre o tema.

A habilitação é obrigatória se você comandar seu próprio veleiro ou se pretender alugar um (sem marinheiro habilitado).

Para “aprender a velejar” não é necessário estar habilitado, pois a pessoa habilitada é o próprio instrutor/comandante.

Alguns conceitos importantes contidos na Portaria DPC nº 101 de 16/12/2003:

– Comandante é o tripulante que comanda a embarcação e é o responsável por tudo o que diz respeito à ela, por seus tripulantes e pelas demais pessoas a bordo.

– Quando navegando em mar aberto, não é obrigatório que o timoneiro seja habilitado, desde que o Comandante ou seu preposto habilitado permaneça junto ao timoneiro e atento à manobra.

– Timoneiro não é necessariamente o Comandante da embarcação e sim o tripulante que manobra o leme da embarcação por ordem e responsabilidade do Comandante.

– Tripulante é todo amador ou profissional que exerce funções, embarcado, na operação da embarcação.

– O tripulante não necessita ser habilitado, desde que suas funções a bordo não o exijam.

– Passageiro é todo aquele que é transportado pela embarcação sem estar prestando serviço a bordo.

Recebo a bordo muitas pessoas que fizeram habilitação no passado, pois julgaram que seria útil algum dia.

Como a validade das carteiras é de 10 anos eu sempre aconselho que deixem a carteira para o futuro, pois vejo um bocado de gente que perde a validade sem nunca ter velejado.

Velejou, gostou, vai comprar ou alugar?

Aí sim!

As habilitações para pilotar embarcações de esporte e/ou recreio (não profissionais) são divididas (por ordem) em 3 categorias: Arrais, Mestre e Capitão.

A idade mínima para a obtenção de qualquer uma das três habilitações é de 18 anos.

O Arrais Amador é a pessoa habilitada a conduzir uma embarcação (vela e motor) dentro dos seguintes limites:

-Navegação Interior 1 – realizada em águas abrigadas, tais como lagos, lagoas, baías, rios e canais, onde normalmente não sejam verificadas ondas com alturas significativas que não apresentem dificuldades ao tráfego das embarcações.

-Navegação Interior 2 – realizada em águas parcialmente abrigadas, onde eventualmente sejam observadas ondas com alturas significativas e/ou combinações adversas de agentes ambientais, tais como vento, correnteza ou maré, que dificultem o tráfego das embarcações.

Para realizar o exame você precisa apresentar o “atestado de embarque” (6 horas de aula prática).

Para as habilitações de  Mestre e Capitão não é necessário apresentar nenhum tipo de atestado.

Você estuda e realiza o exame sem depender de nenhuma escola náutica.

O Mestre Amador é a pessoa habilitada a conduzir uma embarcação (vela e motor) dentro dos limites da “navegação costeira” (realizada entre portos nacionais e estrangeiros dentro do limite da visibilidade da costa – até 20 milhas).

O Capitão Amador é a pessoa habilitada a conduzir uma embarcação (vela e motor) nas áreas de navegação oceânica (além das 20 milhas da costa e sem restrições – entre portos nacionais e estrangeiros sem outros limites estabelecidos).

Os exames de Arrais e Mestre costumam ser realizados semanalmente enquanto o Capitão é realizado apenas duas vezes por ano (normalmente em abril e outubro).

O valor da taxa de exame para qualquer uma das três habilitações é de R$ 42,00.

Um abraço e bons ventos!


Vela Oceânica em Florianópolis, Aula de Vela em Floripa, Escolas de Vela no Brasil
Aprenda a velejar em Floripa, Escola de Vela Oceano, Universidade da Vela no Brasil
Veleiro Floripa, Barco à Vela Florianópolis, Charter de Veleiro em Floripa
Como aprender a velejar? Quero aprender a velejar, Velejar é uma arte
Aluguel de barco em Floripa, Aluguel de Veleiro para comerciais e filmes
Curso de Veleiro, Escola de Veleiro, Curso Navegação Costeira, Curso Iatismo
Travessias Oceânicas, Vela de Cruzeiro, Curso de Vela de Cruzeiro
Escola de Iatismo, Vela de Cruzeiro, Vídeos de Veleiro, Vídeos Velejando
Professor Marcelo Visintainer Lopes, Velejar, Onde aprender a velejar?
Escola de Vela Itajaí, Curso de Vela Oceânica Itajaí, Aula de Vela Itajaí
Escola Veleiro Itajaí, Velejar Itajaí, comprar veleiro, vender veleiro, aulas de iatismo
Morar em um veleiro, morar a bordo, quanto custa morar em um veleiro